Você está aqui: Página Inicial > Notícias da Ufac > Comunicado aos servidores da Ufac
conteúdo

Comunicado aos servidores da Ufac

por Ascom-01 publicado 30/03/2012 16h40, última modificação 30/03/2012 16h36

Comunicado GTARP

O Grupo de Trabalho de Análise e Regularização da Situação Patrimonial (GTARP), solicita a todos os setores e seus respectivos servidores o preenchimento e entrega da documentação de regularização e levantamento patrimonial dos mesmos.

 


 

Comunicado PRODGEP / MPOG

Perguntas e respostas sobre a margem para consignação

Em Consulta ao Ministério do Planejamento Orçamento e Gestão – MPOG, para esclarecimentos quanto à margem consignável para contratação de serviços junto a bancos e demais consignatárias, nos foram enviadas as seguintes situações que ocorrem frequentemente:

1º Situação

O servidor(a)/pensionista pergunta porquê a margem dele está negativa, impedindo de concluir o empréstimo com o Banco ou Operadora de Crédito.

Resposta: O SIGMAG recebe do SIAPE a ficha financeira do servidor/pensionista, e caso já tenha feito empréstimo e não tenha margem, o Sistema lança a operação realizada mesmo sem margem, ficando negativa a margem no Sistema, evitando, dessa forma, que o servidor/pensionista realiza outro empréstimo, necessitando que seja quitada alguma dívida para que volte a ter margem.

2º Situação

O servidor(a)/pensionista pergunta porquê mesmo tendo margem, não consegue fazer um empréstimo.

Resposta: O SIGMAC(CONSIST) opera na modalidade “on line”, razão pela qual toda movimentação do servidor é registrada nos arquivos do Sistema. Muitas vezes o operador de crédito ou banco ao invés de fazer uma consulta simplesmente, realiza uma reserva, ficando o servidor impedido de concluir a operação, mesmo tendo margem, pois como foi a várias instituições de crédito para verificar a taxa de juros, em alguma delas o operador(de má fé ou não), fez uma reserva de margem e não uma consulta na tentativa de prender o cliente.

3º Situação

O servidor(a)/pensionista pergunta porquê mesmo tendo uma margem completamente liberada no contracheque (sem mencionar que teve liberação judicial) não consegue firmar um empréstimo.

Resposta: Quando uma sentença de um juiz determina que seja retirado do contracheque o servidor todas os empréstimos, a margem fica completamente liberada, mas, normalmente, na sentença o juiz não determina a retirada dos lançamentos do SIGMAC que detém todos a movimentação do servidor/pensionista.

4º Situação

O servidor(a)/pensionista pergunta porquê a margem do SIGMAC está sempre diferente do contracheque.

Resposta: Não é que está diferente a margem, como o SIGMAC trabalha na modalidade “on line”, toda movimentação é registrada e mesmo sem margem ficam armazenados os empréstimos que ainda não foram lançados.

OBS.: para outros esclarecimentos entrar em contato com o telefone 08009782328

registrado em: